(81) 98780-2394

NO AR

Litoral FM Recife

litoralfmrecife.com.br

Saúde

Primeiros Casos de Febre Oropouche são Registrados em Pernambuco, Informa SES; Saiba Como Se Prevenir

Amostras dos exames identificaram um homem e uma mulher de Rio Formoso, município da Mata Sul de Pernambuco, com a doença

Publicada em 23/05/24 às 06:51h - 755 visualizações

por Litoral FM Recife


Compartilhe
 

Link da Notícia:

Pernambuco tem primeiros casos da Febre Oropouche  (Foto: Maíra Arrais/SES-PE)
Nesta quarta-feira (22), a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) informou a identificação dos primeiros casos de Febre Oropouche no estado. O Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE) realizou os exames que confirmaram a presença do vírus em dois pacientes: uma mulher de 45 anos e um homem de 35 anos, ambos residentes no município de Rio Formoso, na Mata Sul de Pernambuco.

Diagnóstico e Vigilância Epidemiológica
O diagnóstico foi realizado como parte de uma estratégia de testagem de 10% dos resultados negativos para outras arboviroses. Essa abordagem foi implementada após o recebimento de kits diagnósticos fornecidos pelo Ministério da Saúde (MS). A Febre Oropouche, causada pelo vírus Oropouche, é um arbovírus do gênero orthobunyavirus, transmitido principalmente pelo mosquito do gênero culicoides, popularmente conhecido como muriçoca ou pernilongo.

Sintomas e Impacto da Doença
Os sintomas da Febre Oropouche são semelhantes aos da dengue, incluindo febre, cefaleia intensa, dor retro-orbitária e mialgias. Embora a doença cause desconforto significativo, até o momento, não há registros de óbitos associados a ela.

Medidas de Controle e Prevenção
Equipes da Diretoria Geral de Vigilância Ambiental e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) estarão no município de Rio Formoso nesta quinta-feira (23) para conduzir investigações e implementar medidas específicas de controle dos mosquitos transmissores. Eduardo Bezerra, diretor de vigilância ambiental, destacou a importância de medidas preventivas que podem ser adotadas pela população:

  • Evitar Áreas com Muitos Mosquitos: Limitar a exposição a locais com alta presença de muriçocas.
  • Uso de Roupas Protetoras: Vestir roupas que cubram a maior parte do corpo.
  • Aplicação de Repelente: Utilizar repelentes nas áreas expostas da pele.
  • Manter a Limpeza Doméstica: Garantir que a casa e os arredores estejam limpos, visto que muriçocas preferem águas mais sujas.

Conclusão: Um Chamado à Conscientização e Ação
A confirmação dos primeiros casos de Febre Oropouche em Pernambuco reforça a necessidade de vigilância epidemiológica e conscientização da população sobre medidas preventivas. A SES-PE está atenta e ativa na implementação de estratégias para controlar a disseminação do vírus e proteger a saúde pública. A colaboração da comunidade será crucial para enfrentar essa nova ameaça e minimizar seu impacto.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

LIGUE E PARTICIPE

(81) 98780-2394

Visitas: 112519
Usuários Online: 34
Copyright (c) 2024 - Litoral FM Recife
Converse conosco pelo Whatsapp!